Como Saber Minha Árvore Genealógica
Blog Midas

Como Saber Minha Árvore Genealógica

“Como saber minha árvore genealógica”


É comum nos perguntarmos de onde nós viemos, quem são os nossos descendentes e quais seriam suas histórias de vida.

como saber minha árvore genealógica

Além disso, também pode haver várias oportunidades em saber quem são seus parentes. 


Já que alguns países conferem segunda cidadania a netos e filhos de imigrantes que se estabeleceram em países estrangeiros. 


Continue lendo, neste artigo vamos dar dicas para criar sua árvore genealógica.

Dicas para montar sua árvore genealógica

Comece em casa

Isso mesmo, o melhor lugar para começar a sua busca por seus descendentes é a sua própria casa. 


Verifique documentos importantes como: identidade, certidão de casamento, certidão de nascimento; álbuns de foto também são ótimos para identificar lugares e pessoas.

Entreviste seus parentes

Converse com cada um dos seus parentes, principalmente os mais velhos. 


Eles são os guardiões das histórias familiares, suas lendas e mitos. 


Leve os álbuns que você encontrou em casa e peça que identifiquem pessoas ou lugares em fotos antigas, isso pode ser um catalisador de memórias e lembranças guardadas.

Sobrenome

Nomes e sobrenomes são capazes de fornecer diversos indícios sobre o passado. 

Após realizar pesquisas e obter o seu histórico familiar, analise os nomes que foram encontrados, além dos documentos e certidões antigas, busque por fotos de família e recortes de jornais que tenham notícias sobre obituários e anúncios de casamento, por exemplo.


Os sobrenomes podem conter diversas pistas sobre a região geográfica de origem das gerações anteriores.

Instituições

O próximo passo é procurar nos arquivos oficiais:  bibliotecas, cartórios ou instituições que guardam documentos históricos. 


Esses locais disponibilizam documentos à consulta pública e serão de grande ajuda para encontrar documentos mais antigos.

De onde eu vim?

A nossa história familiar é um tipo de herança inestimável. 


Quando buscamos saber mais sobre os nossos antepassados nos aproximamos daqueles que estão ao nosso redor. 


Pois, começamos a vê-los sob uma nova luz, cada memória e lembrança revela uma vida inteira de amores, aventuras, desilusões…


Aquela tia distante ou o primo que você nem lembra o nome é uma peça essencial que compõem o quebra cabeça da nossa árvore genealógica. 


No final dessa jornada você terá um tesouro que pode ser repassado para seus filhos e netos


Quanto tempo você passa com seus filhos? Será que você realmente os conhece?


É importante saber nossa história, mas também é essencial cuidar do presente.