Como escolher a data do casamento?
Blog Midas

Como escolher a data do casamento?

O casamento é uma ocasião que causa muita empolgação e também ansiedade. 


A chegada do grande dia deixa o casal apreensivo e imaginando se algo pode dar errado. 


Para evitar possíveis imprevistos, o ideal é levar em consideração alguns fatores antes de marcar a data do casório. 

Como escolher a data do casamento?

Pensando nisso, separamos 7 dicas de como escolher o dia ideal para casar.

Ocasiões simbólicas 

É fundamental pensar na data do casamento com antecedência e marcá-la cerca de um ano antes do dia. 


Um grande critério no momento de marcar a data é escolher dias que não tenham nenhuma data simbólica. 


Isso inclui o aniversário de algum convidado importante, feriados como natal, réveillon, carnaval ou eventos importantes como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. 


Nesses eventos muitas pessoas optam por viajar ou comemorar com outras festas e seu casamento pode ficar prejudicado. 


Gravidez de pessoas próximas 


Leve em consideração também a gravidez de alguma amiga ou familiar cuja presença seja essencial na festa. Verifique quando será o parto e o tempo que ela terá que se dedicar ao neném. 


Pode ser frustrante para ambas caso alguma madrinha de casamento não pudesse comparecer ao evento. 

Dia da semana ideal 

Sem dúvidas os melhores dias para a cerimônia é durante o final de semana. 


Nestes dias os convidados têm maior disponibilidade e mais chances de comparecer ao casamento. 


O sábado é um dia muito concorrido e corre o risco de os fornecedores tenham que dividir a atenção com outros casamentos. 


O casamento na sexta-feira dá margem para uma comemoração mais prolongada, além de não haver tanta concorrência de pessoas querendo comemorar neste dia. 


Escolher a data no domingo também é uma opção, apesar de as pessoas preferem descansar esse dia. 


Se for o caso, opte por fazer pela manhã, pois as pessoas trabalham no dia seguinte.

Meses com renda extra

Levem em consideração os períodos que o casal costuma ganhar a mais. 


Caso o salário seja baseado em comissão, avalie quais os meses que o casal recebe um dinheiro extra. 


Não é uma boa ideia fazer evento quando o mercado não está aquecido. 


Dessa forma, o casal evita prejuízos por estarem afastados do trabalho durante o período que costumam ganhar uma renda extra. 

Férias com os filhos

O casal precisa levar em consideração também as férias escolares dos filhos, caso tenham. 


Será um momento especial para estar em família e fazer coisas juntos sem demais compromissos.


Caso os filhos fiquem com algum outro responsável durante a lua de mel, por exemplo, ele não terá o trabalho de levar e buscar as crianças, nem responsabilidades relacionadas ao ensino delas. 

Estação do ano

Realizar o casamento na primavera garante um ambiente agradável, já que é estação das flores e a que encanta pelo clima mais ameno e ainda assim luminoso e colorido. 


Para quem gosta de calor, o verão é a melhor época para casar. 


A estação deixa tudo mais estimulante, além de ser mais fácil reunir na ocasião pessoas que moram em outros lugares.


O outono traz consigo tempo mais fresco e, segundo a maioria dos fotógrafos, a melhor luz natural para fotos.


Marcar o casamento durante o inverno é mais comum para casais que tenham em mente passar lua de mel em montanhas, vinícolas ou chalés. 


É uma época muito cobiçada por admiradores de um cenário campestre.


Datas simbólicas 

Alguns casais optam por casar em uma data que tenha um significado, isso deixa o grande dia ainda mais especial. 


Pode ser no dia que comemoram o aniversário de namoro, o dia do primeiro beijo, etc. 


Isso também inclui números especiais ou números que trazem sorte, aqueles que representam algo para os noivos.