As bermudas são peças muito presentes no guarda-roupa masculino, apesar de algumas mulheres também usarem. 


Essas peças são ideais para montar um look mais casual e fresco, nos dias ensolarados a bermuda substitui perfeitamente o uso das calças. 

 


Em algumas situações, o ato de dobrar a bermuda serve para ajustar a peça no comprimento correto do corpo, caso tenha sobrado tecido. 


O tamanho da dobra é opcional caso ela não venha pronta na bermuda, por isso não existe uma regra específica ao dobrar a bermuda. 


Ao dobrar as bermudas, o formato dela automaticamente muda e traz uma informalidade maior à roupa. 

É também uma maneira de deixar a peça mais despojada e moderna.


Neste artigo iremos listar dois modos de dobrar a bermuda, cada um destacando um visual diferente. 

Acima do joelho 

Para que a bermuda fique acima do joelho, geralmente basta fazer três ou quatro dobras na barra da peça.


Essa opção é recomendada para  pessoas que se sentem mais à vontade ao mostrar as pernas.


Não é muito recomendado para pessoas com as coxas muito grossas, pois pode acabar ficando muito justo e consequentemente desconfortável. 


Para homens mais fortes e baixos, é um ótimo truque fazer esse tipo de dobra pois se ajusta na cintura e não fica muito comprida nas pernas. 


Além do mais, dá a impressão de que a perna está mais alongada. 

Abaixo do joelho

A bermuda dobrada abaixo do joelho requer uma peça mais longa, com mais tecido na parte das pernas. 


Requer uma ou duas dobras no máximo para ficar no tamanho ideal. 


Esse tipo de dobra é mais recomendado por homens mais magros e muito altos. 


Dá a impressão de que você tem mais volume corporal e tem menos centímetros de altura. 


Isso ocorre porque o tronco parece estar maior e as pernas menores. 


Para pessoas que se incomodam com a finura das panturrilhas, a dobra abaixo do joelho ajuda a aumentá-las no campo visual. 

Não se esqueça! 

As bermudas não precisam ser peças sem graça! 


É sempre importante lembrar de como é possível ajustar peças do guarda-roupa sem precisar recorrer à costureira. 


Vale ressaltar também que a altura corporal é essencial para descobrir qual tipo de dobra fica melhor no corpo. 


Isso serve para valorizar o estilo e especificidade de cada um!