Dieta Cetogênica x Dieta Low Carb

Todo início de ano milhares de mulheres se engajam na busca do corpo perfeito e em forma para o verão e principalmente para o Carnaval.  A procura por dietas milagrosas cresce cerca de 47,8% nos meses de Janeiro e Fevereiro que antecedem o Carnaval, e com ele, a vontade de desfilar um corpo tão esbelto quanto o de uma rainha de bateria de escola de samba aparece. Não importa se a folia será comemorada no clube, na praia ou na avenida, a vontade de enxugar os quilinhos a mais é constante.

  As duas dietas mais procuradas são as Dietas Low Carb e Dietas Cetogênicas, apesar de não ser reconhecida por esse nome, a Dieta Cetogênica está presente na vida dos brasileiros há mais de 50 anos. Já a Dieta Low Carb é atualmente a mais procurada e seguida por diversas celebridades e influencers digitais. Mas o que ambas têm em comum e quais as principais diferenças entre as duas dietas mais recomendadas por Nutricionistas.


Márcia após perder 28 quilos em apenas 45 dias após adquirir o Curso em e-Book “Dieta Cetogênica inteligente” 

“Comecei a ganhar peso durante um momento difícil da minha vida: eu perdi meu pai e meu avô inesperadamente e quase ao mesmo tempo, além de estar lutando contra ansiedade pós-parto. Somado a isso, ainda tinha o estresse e as demandas do dia a dia, e então meu peso começou a aumentar. A comida era meu conforto e me fazia sentir melhor quando eu estava nervosa ou triste – o que aconteceu muitas vezes. E nada do que eu comia era saudável: sanduíches de café da manhã do Mc Donald’s (e de almoço), cereais açucarados, pizzas… Eu amava qualquer coisa gordurosa e doce. Eu comecei procurando dietas, especificamente aquelas que não me fizessem sentir privada de algo. Foi quando encontrei o Curso em e-Book A Dieta Cetogênica inteligente, que pareceu ser algo que eu conseguiria manter. Ela me forçou a começar a preparar minhas refeições com antecedência e ler os valores nutricionais dos alimentos” 


O que as duas Dietas têm em comum?

  Talvez você não saiba, mas as Dietas Low Carb e Dietas Cetogênicas possuem muitas coisas em comum. A principal semelhança entre as duas é a baixa ingestão de carboidratos na alimentação. A Dieta Low Carb é definida a partir da ingestão abaixo de 200g de carboidrato por dia, usualmente entre 50-150g por dia ou abaixo de 40% da energia fornecida por carboidratos.


  Preconiza-se a redução da ingestão de carboidratos e aumento da proporção de proteínas e gorduras. A proteína promoveria aumento do gasto energético, preservação da massa magra e maior saciedade. Esta “configuração de dieta” promoveria menor estímulo à secreção de insulina quando comparado a dietas tradicionais ou low fat. O objetivo é reduzir a secreção de insulina, aumentar a oxidação de gorduras - utilizar gorduras como fonte energética e preservar a massa magra corporal.


  A dieta cetogênica é um tipo de dieta Low carb, mas com maior redução de carboidratos, tendo máximo de 50g (usualmente em estudos utiliza-se 30g) ou 10% dos requerimentos energéticos provindo de carboidratos. As principais fontes de combustíveis são os ácidos graxos (cerca de 70% dos requerimientos energéticos através gorduras da dieta e tecido adiposo) e cetonas ou corpos cetônicos (cerca de 20% dos requerimentos energéticos através de gorduras e proteínas da dieta e do tecido adiposo). No programa alimentar são usados alimentos ricos em gorduras como ovos, queijos, carnes, bacon, manteiga, azeite, óleo de coco, oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, amendoim, macadâmia), leite coco, coco, abacate, farinha de castanha).


A Dieta Cetogênica está presente na vida das principais celebridades de Hollywood, como a socialite Kourtney Kardashian. 


Diferenças entre as Dietas Low Carb e Cetogênicas

Para a nutricionista Jamille Magalhães, a dieta low carb e a cetogênica possuem a finalidade de redução de carboidrato. Uma das diferenças é que a primeira estipula mais ou menos até 200 g de carboidrato por dia. Já a segunda preconiza a utilização de até 50 g de carboidrato diariamente para a pessoa.

Outra diferença é que na cetogênica, a utilização principal como fonte de energia vem da gordura e dos ácidos graxos disponíveis na dieta e tecido adiposo. No caso de low carb, se utiliza a energia tanto do carboidrato proveniente da alimentação quanto da proteína, que vai aumentar a saciedade do organismo.


Alimentos permitidos na Dieta Cetogênica

  Em geral, uma dieta baixa em carboidratos se concentra em proteínas. Incluindo carnes, aves, peixes e ovos, além de alguns vegetais não essenciais. Uma dieta baixa em carboidratos geralmente exclui ou limita a maioria dos grãos, legumes, frutas, assim como pães, doces, massas e vegetais ricos em amido e, às vezes, nozes e sementes. As verduras estão todas liberadas e a maioria dos legumes, mas vários vegetais tem que sair do prato, entre eles batatas, mandioca e a família das leguminosas: feijão, soja, lentilha, ervilha etc. 

  As frutas 100% permitidas são abacate e coco, pois são fonte de gordura. No campo das gorduras, manteiga, castanhas, azeite, castanhas e banha de porco também entram no cardápio. Além destes, carnes, peixes, frango, ovo, queijos, iogurte e açaí completam a lista dos liberados. As únicas bebidas que podem ser ingeridas são água, café e chá sem açúcar.

Alimentos proibidos na dieta cetogênica

 No geral, a dieta privilegia alimentos naturais e limita produtos processados. Veja os itens que não podem ser consumidos:

  •  Doces
  •  Pães
  • Macarrão
  • Farinhas
  • Bebidas alcoólicas
  •  Amidos
  • Sucos
  • Tubérculos, como cenoura, batata, mandioca, inhame, etc
  • Vegetais como milho Leguminosas, como feijão, soja, ervilha, grão-de-bico
  • Outras fontes de açúcar não podem ser consumidos

Low Carb ou Cetogênica, qual a melhor?

  Se for para considerar a perda de peso, ambas entregam um resultado parecido. Já que,  seguindo uma dieta baixa em carboidratos, tendemos a consumir menos calorias do que o habitual e a perder peso. Isso pode explicar por que low carb e cetogênica parecem fornecer quantidades similares de perda de peso. No entanto, a perda de peso não é a única coisa a se considerar ao tomar decisões sobre dieta. A variável mais importante é como sua dieta e estilo de vida afetam sua saúde geral. 

  Os Nutricionistas apontam que após inúmeras pesquisas que uma dieta cetônica pode ser mais eficaz do que uma dieta menos restritiva em carboidratos. Principalmente para ajudar os pacientes com diabetes, altos níveis de açúcar no sangue, bem como pressão alta, doença do fígado gorduroso e síndrome dos ovários policísticos.

  Nesse artigo, podemos ver que a Dieta mais indicada para o emagrecimento rápido e eficaz sem riscos à saúde é a Dieta Cetogênica que não só é fundamental para algumas mulheres que buscam perder alguns quilinhos para curtir o Carnaval, mas também para diabéticos. 

  Se você quer mudar de vida e transformar o seu corpo em pouco tempo de forma saudável e eficaz estamos disponibilizando o Curso em e-Book “A Dieta Cetogênica inteligente” em que você irá conhecer a fundo a Dieta Cetogênica, Curso em e-Book desenvolvido pelos principais Nutricionistas da Universidade de Stanford. 

No Curso em e-Book “A Dieta Cetogênica inteligente” você aprenderá: 

  • Dicas de como começar a Dieta Cetogênica.
  • Como adaptar a dieta a sua rotina.
  • Como preparar a dieta.
  • Lista com os principais alimentos.
  • E também desvendará verdades e mitos sobre as principais dietas. 

  Conteúdo exclusivo em formato de Curso em e-Book para você mudar de vida, perder peso e conquistar o tão sonhado corpo sarado. Um guia completo para iniciantes sobre como fazer a dieta  Cetogênica de maneira inteligente


Clique no botão abaixo para garantir o Curso em e-Book  “A Dieta Cetogênica Inteligente".